Continue conectado!

Agenda

Com novidades, carnaval de Grão Mogol estreia circuito fechado e bloco open bar

/

Divulgação

Web Terra

Um dos carnavais mais tradicionais do norte de minas, de Grão Mogol, vem com novidades para esse ano. Após o governo retirar mais de R$260 mil de repasses mensais a cidade e a prefeitura decretar Calamidade Financeira, foi anunciado que em 2018 a festa não será como em outros anos que o circuito era aberto e a prefeitura arcava com os custos.

Em nota a prefeitura explicou o motivo das mudanças e declarou apoio a iniciativa dos empresários da região que estão à frente do novo formato do evento.

“A Prefeitura Municipal de Grão Mogol sofreu e está sofrendo drasticamente com a irresponsabilidade do governo federal e Estadual, como se não bastasse as cinco parcelas do transporte escolar que estão atrasadas e os mais de 2 milhões que tem a receber na área da saúde, agora o corte será de mais de 260 mil reais por mês que já começa a vigorar esse mês de janeiro. Em meio a tanto descaso dos governos, a prefeitura não tem condições de financiar o tradicional carnaval de Grão Mogol. O evento esse ano será indoor com 4 dias de festa, bandas e DJs, areia branca no local do circuito, um desses dias terá o trio elétrico com blocos caricatos e banda de marchinha. A prefeitura dará total apoio ao evento e parabeniza a atitude dos empresários envolvidos por não permitirem que a tradição do carnaval de Grão Mogol acabe. ”

Bloco Duelo de Titãs

Criado por um grupo de amigos, o bloco Duelo de Titãs foi uma das sensações do carnaval no ano passado. Segundo os organizadores, no ano de estreia mais de 500 foliões desfilaram no bloco.

Em nota a organização do bloco lamentaram que o carnaval popular não aconteça. “Os organizadores do bloco Duelo de Titãs criado por jovens, lamentam o motivo de não ter o tradicional Carnaval de Grão Mogol pela calamidade financeira que vive o município. Nossa expectativa seria a melhor possível, com uma estrutura de alto nível e a ampliação do open bar que foi sucesso no Carnaval 2017. Mas, ressalta que a tradição não pode acabar. ”

Leia
Comente!

Escreva o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *