Continue conectado!
banner_dish

Regional

AMAMS realiza solenidade de posse da nova presidência com evento marcado pelo pedido de união.

/

Assessoria

O Novo presidente da AMAMS – Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene, Marcelo Felix, prefeito de Januária, é empossado em evento solene na noite desta segunda (07/05) na sede da Associação e destacou a união do Norte de Minas, como forma de fortalecimento regional.

O evento foi marcado pela presença de prefeitos e deputados da região que reforçaram a defesa da união regional, além da participação entidades de classe.

Na abertura do evento, o ex-presidente da AMAMS, José Reis lembrou as várias parcerias que fixou desde janeiro de 2017, quando assumiu a presidência da AMAMS e abriu as portas da entidade para todas as correntes políticas da região. Em sua fala, José Reis destacou também a necessidade do engajamento da sociedade para uma renovação na política, pois na década de 90 o Norte de Minas tinha 10 deputados estaduais e quatro federais e agora, está apenas com e metade. O impacto disso é o enfraquecimento político e salientou que a área mineira da Sudene sempre fica na sombra do Nordeste brasileiro. A AMAMS, mesmo com o cenário de crise, viabilizou com seus parceiros, mais de R$ 20 milhões de emendas para o Norte de Minas no orçamento federal.

O prefeito Humberto Souto, de Montes Claros, lamentou que o Governo esteja sufocando os municípios, ao “reter de forma criminosa e desumana os recursos das Prefeituras”. Citou que o Norte de Minas está sofrendo menos por causa das chuvas que aliviaram os impactos causados pela seca. O pior, segundo ele, é a falta de perspectivas no cenário estadual e nacional, nas eleições desse ano. Souto entende que a região tem de buscar lideranças fortes para ajudar no seu desenvolvimento.

O deputado Gil Pereira anunciou que o Norte de Minas terá 20 plantas de produção de energia solar, que é a nova alternativa para a economia regional. Pediu ainda, ajuda para viabilizar as barragens para a região e entende que isso passa pelo fortalecimento da união regional. A deputada Raquel Muniz lembrou o trabalho desenvolvido pelo presidente José Reis à frente da AMAMS e que a união da classe política poderá ajudar o Norte de Minas a resolver suas demandas, nas áreas de saúde, estradas e recursos hídricos. O deputado Saraiva Felipe salientou que a AMAMS é uma entidade forte por ser a voz dos municípios e que esse papel vem sendo muito bem feito e também enfatizou a importância da união.

O novo presidente da AMAMS, Marcelo Felix, lembrou seu desafio de fazer uma administração como a de José Reis. Ele afirma que essa solenidade entrou para a história, pela aula histórica e política dada por pessoas experientes, como Humberto Souto e demais políticos que falaram no evento. Explicou que em sua gestão, quer levar a AMAMS para os municípios, com reuniões itinerantes, onde os técnicos ajudarão os municípios a resolver os seus problemas. Na sua visão, o Norte de Minas tem de cobrar um olhar diferencial do Governo, o que não ocorre e pediu ainda, uma maior participação dos municípios, como forma fortalecer a AMAMS e consequentemente a sua representatividade.

Leia
Comente!

Escreva o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *