Continue conectado!
Minha Figura

Celebridades

Globo quer desligamento de Luciano Huck caso ele se candidate à presidência

/

Divulgação

Angélica também deixaria a emissora carioca

Pure People

Luciano Huck recebeu um ultimato da cúpula da Globo. Caso queira se candidatar à presidente nas próximas eleições, em 2018, o apresentador terá que deixar a emissora até dezembro. A informação é da coluna “Radar”, da revista “Veja”. Há seis meses, o marido de Angélica descartou intenção de substituir Michel Temer, mas recentemente circulou a informação que Huck já teria escolhido o PPS como seu partido caso saia candidato. Ainda de acordo com a publicação, o apresentador planeja ter Marina Silva como sua vice em uma eventual chapa.

Angelica deixa a Globo caso o marido saia candidato

Atualmente à frente do “Vídeo Game” e do “Estrelas”, que não estará na grade do ano que vem, a apresentadora estaria fora da emissora carioca em caso de Huck aceitar disputar a Presidência. De acordo com a colunista Keila Jimenez, Angélica não estaria animada com a possibilidade de deixar a TV em prol da política. E que o marido não tem pretensão de ser presidente. Ao mesmo tempo, a apresentadora já desenvolve um novo programa para 2018.

Apresentadores estão há 13 anos casados

No final de outubro, Huck e Angélica completaram mais um ano de vida a dois. Sempre juntos! Feliz dia… #13anos #bodasdelinho Te amo”, escreveu a mãe de Eva, Benício e Joaquim. “Te amo tanto”, respondeu o apresentador, que levou a família para curtir o Rock in Rio. “Há exatos 13 anos, dia 30 de outubro de 2004, ganhei o melhor presente que a vida me deu: Angélica. Nossos caminhos se cruzaram, e juntaram para sempre”, acrescentou o comandante do “Caldeirão”.

Galisteu revelou disputa xom Angélica na infância 

As apresentadoras se conheceram quando ainda eram crianças em uma agência de modelos. Por conta das semelhanças na aparência houve uma certa rixa entre elas. “Começamos juntas como modelo lá pelos 7 ou 8 anos. Nós eramos da mesma agência em São Caetano do Sul (em São Paulo). Foi lá que a conheci. Eu falava: ‘Mãe, olha lá a Angélica chegou, vamos embora’. Ela era muito bonita. Muitas vezes nós conseguíamos pegar o mesmo comercial, outras eu perdia para ela, algumas ela perdia para mim. Mas era assim a nossa vida, sempre juntas”, lembrou, aos risos, Adriane Galisteu.

Leia
Comente!

Escreva o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *